terça-feira, 26 de agosto de 2008

Betinha Murta: A criatividade brasileira é ímpar!







Pra inaugurar nosso Museu Virtual, estou honrado em receber em nosso acervo uma das maravilhosas peças de Betinha Murta, miniaturista de São Paulo/SP. Conheça um pouco mais de seu trabalho:

Betinha iniciou sua jornada como miniaturista fazendo minis em biscuit. Suas famosas chaleiras, que acabaram fazendo que ela fosse conhecida como a Betinha das Chaleirinhas!

Depois participou de 3 edições de revistas especializadas com seus trabalhos, ensinando vários passo-a-passos e daí pra frente a coisa foi crescendo. Começou a dar aulas em sua casa nos finais de semana e a fazer miniaturas para venda. Criou seu site e de lá pra cá sua vida virou de cabeça pra baixo (no bom sentido, claro!).

Betinha diz que na casinha, utilizou um kit cortado à laser comprado nos EUA. Pintou as paredes com tinta PVA e o jardim foi todo feito em madeira balsa (cercas, banco do jardim, caramanchão, mesa que serve de base pra casinha, etc).

Na grama foi utilizado um material também comprado nos EUA, uma espécie de espuma verde, também utilizado para fazer a copa das árvores. No laguinho fez pequenas carpas com biscuit e o encheu com verniz vitral, para imitar água.

A técnica que utilizou foi o 'olhômetro': "Nunca fiz curso de madeira, então a técnica utilizada é apenas o que aprendi fuçando na net, ou seja, corto madeira balsa com estilete ou as vezes uso uma mini retífica.

O kit da casinha é muito bem explicado no manual, então não tem muito segredo. O que tenho de vantagem é que sou muito criativa, então quando comecei a montar o kit, já tinha idéia de como seria o jardim, as idéias fervilham na minha cabeça!"

Betinha diz que, como inovação em seu trabalho, passou a usar o verniz vitral como material que imita água: "Eu nunca tinha visto, pois ele demora muito pra secar quando é utilizado em maior quantidade. Geralmente se usa resina, mas é um material muito tóxico, tem um cheiro muito forte e só é interessante pra se usar em grande quantidade."

A miniaturista avisa que pretende levar suas minis para fora do Brasil: "Em minhas viagens verifiquei que lá fora existe muita coisa industrializada, porém a criatividade brasileira é ímpar! Pouca coisa é modelada à mão e nas oportunidades que tive em mostrar meu trabalho, foi um sucesso enorme! Já vendi minis para países como EUA, França, Inglaterra, Nova Zelândia, Austrália e Argentina".

É isso aí! Agradeço à Betinha por sua participação em nosso Museu Virtual e isso não pára por aqui! Queremos logo ver novos trabalhos dela em nosso acervo. E desejo a ela boa sorte em seus novos projetos que tanto agradam aos olhos de quem os vê.

Quer entrar em contato com a Betinha? Deixe seu comentário em nosso blog!

6 comentários:

Anônimo disse...

Edie este museu vai ficar o máximo!
Betinha ficaram lindas as suas fotos de inauguracão.
Marília

Nação Minimaníaca by EdieBRazil disse...

Marília,
Obrigado pelo apoio!

Anônimo disse...

Edie o Museu esta simplesmente maravilhoso, parabens.
Betinhaaaaa...
Minha amiga suas obras são divinas,parabens.
Bj
Monica Terra Lima

Anônimo disse...

Edie, vc foi brilhante com a idéia do museu e com a escolha das peças para a inauguração.
Betinha, não há como descrever minha alegria ao ver suas peças na inauguração do museu, parabéns!
Bjs
Elisete

Thais disse...

Gostaria de saber se é possível fazer encomendas?? Tenho certa urgência..

Anônimo disse...

I should digg your article therefore more people are able to look at it, really useful, I had a hard time finding the results searching on the web, thanks.

- Murk