sábado, 16 de janeiro de 2010

Fotografando miniaturas...


Você já deve ter passado pela situação de tirar várias fotos das suas miniaturas e se frustrar ao perceber que ficaram todas fora de foco! Você manda essas fotos para os seus amigos, posta no seu blog e ninguém comenta se gostou ou não... Claro! Ninguém consegue entender o que aparece na sua foto!

Algumas dicas para ajudar:

- Ilumine! A iluminação é tudo na produção de uma fotografia, afinal, a foto nada mais é do que cores produzidas a partir do reflexo da luz sobre os materiais. Você pode criar um "mini estúdio" a partir de uma caixa pintada de branco por dentro.

Instale uma lâmpada branca (fio, tomada e soquete, sem segredo!) dentro da caixa e pronto. Você pode colocar sua miniatura e fotografar. Se sua peça for branca ou outra cor muito clara, tenha à mão alguns cartões que se adequem ao fundo da caixa, criando constraste.

- Adicione cor! Quer um ar diferente? Utilize pedaços de papel celofane colorido sobre a lâmpada e você criará efeitos mais frios ou quentes de acordo com a cor que escolher. A luz natural também é perfeita. Pela manhã, o sol nos empresta uma luz mais clara e fria e no final da tarde, uma luz avermelhada/alaranjada, mais quente. Escolha um local no quintal ou na varanda e faça suas fotos!

- Evite o flash! O flash disparado pelas máquinas fotográficas costuma ser muito intenso. E como você será obrigado a fotografar bem de pertinho, é quase certo que você terá fotos estouradas. Procure a melhor iluminação (natural ou reproduzida) para que você não dependa deste recurso.

- Direcione a luz! Você pode usar refletores caseiros para direcionar a luz obrigando-a a incidir sobre determinado ângulo da peça a ser fotografada. Basta usar qualquer superfície branca ou prata (uma cartolina ou uma assadeira de alúminio, por exemplo), fazendo com que a fonte de luz (lâmpada ou luz solar) reflita na superfície e assim direcionando o feixe de luz para a miniatura.

- Utilize os recursos da câmera! A grande maioria das câmeras digitais tem um recurso chamado MACRO, normalmente representado por uma "florzinha". Ele automatiza o trabalho que os profissionais têm girando todas aquelas lentes e buscando o melhor foco. E serve especificamente para isso: fotografar objetos pequenos e/ou de perto.

- Utilize um tripé! Boa parte dos problemas que encontramos com foco nas fotos de miniaturas se deve ao fato de não conseguirmos manter a câmera totalmente estável. Por mais que você não perceba, está movimentando a câmera e dificultando o trabalho dela focar automaticamente. Um tripé resolve este problema. Se não tiver este acessório, use uma caixa de sapatos ou qualquer outro objeto que fixe a camêra na posição que você deseja.

Mas só isso não resolve! Você deve programar a máquina com aquele recurso de disparo automático, clicar e esperar a câmera fotografar sozinha, sem que você esteja tocando nela. Fazendo isso, até com pouca ou pouquíssima iluminação você conseguirá boas fotos.

Tem mais alguma dica? Deixe seu comentário!

Foto: por Vincent Bousserez

Um comentário:

Egon Bouvie disse...

Parabéns,ótimas dicas vou fazer.